Quinta-feira, 8 de Junho de 2006

Jorge Pereira - Avaliar professores

Que é preciso mudar algo na Educação (sim com E maiúsculo) é uma verdade incontestável.
Que é preciso melhorar a qualidade das aprendizagens todos concordamos.
Reduzir todo um Estatuto de uma profissão à discussão de um único ponto é demasiado minimalista.
Nenhum (Professor – e eu sou-o também) se opõe a ser avaliado. A forma e os intervenientes é que se pode discutir.
Mas a revisão do Estatuto é um manancial de asneiras e um atentado a todos aqueles Professores que o Dr. Jorge Coelho, e muito bem, apelidou de heróis. Não se pode tentar fazer o que lá está escrito e prejudicar garantidamente mais de 90% dos Professores apenas com o intuito de castigar os menos cumpridores.
Há formas de o fazer mas as que estão propostas são impensáveis.
E que dizer da intenção de proibir (sim é isso mesmo – proibir) os Professores de faltarem por conta do seu período de férias? Obrigar um funcionário ter uma falta injustificada só porque nesse dia teve um imprevisto: um filho teve uma indisposição; o elevador encravou; o carro avariou; e outras que tais… e com tudo isto impedir de no final do ano lectivo um profissional exemplar, um profissional de quem os seus alunos gostam, os pais dos seus alunos também, pedagogicamente correcto, as suas aulas elogiadas pelos avaliadores (que em determinadas situações pode até ser um Inspector) não possa ter uma classificação de Bom e com isso todo esse ano ser ignorado para uma possível (sim, digo bem, possível, porque até isto está no projecto de revisão do ECD) transição para um escalão superior.
Se for bem lida a proposta de revisão do ECD facilmente se verifica (e bem podem falar de paridade na vida política e na Assembleia da República) que as Professoras que também são mães vão ser muito prejudicadas ou então têm de obrigar os seus filhos a nunca estarem doentes…
Leiam bem o projecto de alterações e debrucem-se sobre todos os pontos e deixemos de lado a discussão inútil da avaliação pois qualquer bom profissional não se importa de ser avaliado.
Jorge Pereira (Professor do Ensino Básico)
publicado por quadratura do círculo às 19:14
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Teste

. João Brito Sousa - Futecr...

. Fernanda Valente - Mensag...

. António Carvalho - Mensag...

. João G. Gonçalves - Futec...

. J. Leite de Sá - Integraç...

. J. L. Viana da Silva - De...

. António Carvalho - Camara...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds