Quinta-feira, 8 de Setembro de 2005

Fernando Lagarto - Reformas políticas

Parece ser dos assuntos menos badalados e no meu entender o mais urgente de todos
Portugal não produz(erro crasso de quem cosidera que isso é problema dos privados...) logo não pode distribuir mas a classe política que na sua generalidade padece de confrangedora habilitação para o desempenho tem-se colocado de lado nos sacrifícios...
Caros amigos:
Quem não consegue definir correctamente com antecedência nº de médicos ,enfermeiros e hospitais necessários;
Quem não consegue definir uma política "limpa" de ordenamento de território (a maior fonte futura de problemas para Portugal);
Quem acabou com o ensino técnico-profissional das escolas industriais e comerciais;
Quem continua a enganar-se a si próprio com a formação profissional (deve haver pessoas que esgotaram o cardápio disponível sem nunca terem praticado nenhuma...)
Quem acabou com o serviço militar obrigatório só porque alguns meninos tinham que oferecer algo em campanha...)
Quem partidarizou as FA , tribunais ,etc.;
Quem dá a cidadania como se bebe um copo de água;
Quem nunca é responsável por nenhuma das suas decisões ;
Quem desmantelou e vendeu o sistema de controlo de fronteira terrestre;
Quem mantém um sistema autárquico que é mais caro do que os benefícios que distribui, à custo do orçamento e do défice;
Quem ainda não eliminou os governos civis;
Quem tem um tribunal de contas que "não julga";
Quem se serve substituído-se por filhos, irmãs,primos e enteados como na monarquia;
Quem em nome do povo que jura servir abomina deixar de o "servir";
Quem quando eleito é muito difícil de agarrar pela justiça;
Tem de humildemente reconhecer que não está mal pago e que deve abdicar com humildade dos actuais privilégios ;
Deve por isso colaborar com urgência na reforma em assunto pois julgo tratar-se duma última oportunidade pacífica em que o mérito e os cidadãos não encarneirados em partidos tenham mais a dizer e mais oportunidades e em que o número de eleitos seja substancialmente reduzido em benefício do sector privado onde tanta falta fazem e onde vão ganhar melhor...
Fernando Lagarto
publicado por quadratura do círculo às 15:07
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Teste

. João Brito Sousa - Futecr...

. Fernanda Valente - Mensag...

. António Carvalho - Mensag...

. João G. Gonçalves - Futec...

. J. Leite de Sá - Integraç...

. J. L. Viana da Silva - De...

. António Carvalho - Camara...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds