Segunda-feira, 20 de Junho de 2005

Luis Lima - Valorizar autárquicas

Enquanto se discute (...) a Constituição Europeia que os politicos tentaram impôr aos seus concidadãos, e enquanto não se conclui simplesmente que a vontade dos politicos não é acompanhada pelos restantes Europeus, vai-se esquecendo a realidade Portuguesa que são a próximidade das eleições autárquicas. As eleições autárquicas são da maior importância para o país e não devem ficar ofuscadas pelo descrédito na Europa. Em Portugal temos os nossos próprios descréditos e é preciso geri-los e encontrar alternativas: -Quando Guterres fugiu do governo foi duramente criticado pela situação em que deixou as contas públicas. -Quando Durão Barroso fugiu para Bruxelas foi criticado por não cumprir promessas, por deslealdade aos Portugueses e por defraudar a sua própria equipa governamental, com graves consequências para o país. -A alternativa Santana Lopes / Paulo Portas foi um descalabro, mas teve o mérito de pôr a nú a falta de qualidade politica e técnica desses senhores. -A acual maioria, sendo supostamente de esquerda, toma as mesmas medidas que tomaria a direita se para tanto tivesse tido tempo e coragem. Os sacrifícios pedidos são os mesmos e nem sequer ponho em causa que sejam necessários, apenas verifico que de um lado está o PS, o PSD e o CDS e do outro o PCP e os restantes partidos de esquerda.
Perante estes factos parece-me que as alternativas para a governamentação já não passam por PS versus PSD mas antes por PS/PSD/CDS versus Esquerda. A esquerda, se for ponderada, terá nestas eleições autárquicas a grande possibilidade de ganhar as eleições em Lisboa visto que Manuela Maria Carrilho não reune nem o consenso dos Socialistas, nem a simpatia dos lisboetas. Por seu turno o PCP é reconhecido como um partido de grande desempenho e experiência autárquico, e se for a primeira vez que tem uma vitória na capital, concerteza fará tudo para não defraudar os seus votantes. Por outro lado poderá ser um salto qualitativo na experiência governativa do PCP, que mais tarde o transporte sem receios de extremismos para uma participação em futuros governos. Não sou Comunista mas nestas eleições irei apoia-los na expectativa de tão cedo não voltar a ser enganado pelos mesmos.
Luis Lima
publicado por quadratura do círculo às 16:58
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Teste

. João Brito Sousa - Futecr...

. Fernanda Valente - Mensag...

. António Carvalho - Mensag...

. João G. Gonçalves - Futec...

. J. Leite de Sá - Integraç...

. J. L. Viana da Silva - De...

. António Carvalho - Camara...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds