Terça-feira, 19 de Abril de 2005

Fernanda Valente - Teste a Marques Mendes

As declarações do Dr. Alberto João Jardim são sempre muito eficazes em fornecer o combustível destinado a incendiar uma parte considerável da imprensa portuguesa, na medida em que gera polémicas em tudo opostas àquela que deve ser a atitude política pro-activa a ter, por parte dos orgãos de informação, e que se inscreve no novo ciclo político que se abriu, numa nova forma de fazer política.
A conduta política de Alberto João Jardim é contrária à evolução da sociedade, à abertura às novas realidades com que o ser humano é permanentemente confrontado através dessa evolução natural, é contrária ao próprio espírito da social-democracia que o PSD diz defender, ao respeito pelos valores consagrados no ideário que constitui o legado de Francisco Sá Carneiro. Esse legado que o PSD diz ser a sua referência, repudia os modelos políticos que defendem privilégios de classe e uma sociedade alicerçada em estruturas elitistas que impossibilitam a igualdade de oportunidades, fomentando quadros rígidos de ordenamento público, contrários à inevitável mudança a bem dessa evolução.
O diploma que foi aprovado em conselho de ministros e que prevê a limitação dos mandatos para os cargos políticos (a meu ver devendo ser extensiva aos vereadores), traduz , contrariamente ao que muitos afirmam, um acto corajoso por parte deste governo ao pretender modernizar o actual sistema de atribuição de mandatos, que agora defende, com a excessiva personalização desses cargos, uma forma de governação paternalista, baseada em critérios do "quero, posso e mando" que tem a ver com a acomodação ao cargo que o factor tempo proporciona, já para não falar do que o presente sistema propicia em termos da defesa das clientelas, dos abusos de poder e da corrupção.
É o primeiro grande teste a Marques Mendes, ainda antes do das eleições autárquicas, que já se propôs agendar, na Assembleia da República, a apreciação do seu próprio projecto de reforma autárquica que, conforme se prevê, não contemplará o efeito rectroactividade, beneficiando não só todos os autarcas social-democratas que se encontram, neste momento, em exercício de mandato, podendo candidatar-se por mais 3 períodos de 4 anos, mas sobretudo, beneficiando o presidente da região autónoma da Madeira, cujo mandato se tem mostrado inesgotável desde 1976.
É também a grande oportunidade para os cidadãos eleitores de repensarem a escolha da candidatura do Prof. Cavaco Silva às presidenciais, nomeadamente, no que isso poderá significar de obstrução futura ao propósito reformista deste governo. O Prof. Cavaco Silva ainda não se demarcou publicamente do apoio dado pela candidatura de Filipe Menezes à sua eventual eleição presidencial. Apesar de se tratar de um apoio revelador de alguma polémica, devê-lo-ia ter feito, sobretudo enquanto o PSD apresentar uma liderança debilitada, já se apresentando vulnerável à ainda significativa expressão dos pesos pesados que subsistem no interior daquele partido, e que, a partir da oposição, pretendem governar, seja através da prática do obstrucionismo aos diplomas apresentados pelo governo de maioria parlamentar, seja através do Tribunal Constitucional ou das próprias prerrogativas que, por força da Constituição, conferem o direito de veto ao Presidente da República.
Fernanda Valente
publicado por quadratura do círculo às 17:37
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Teste

. João Brito Sousa - Futecr...

. Fernanda Valente - Mensag...

. António Carvalho - Mensag...

. João G. Gonçalves - Futec...

. J. Leite de Sá - Integraç...

. J. L. Viana da Silva - De...

. António Carvalho - Camara...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds