Segunda-feira, 14 de Março de 2005

Fernanda Valente - Alguns comentários

1. Um pedido de desculpas formal ao prof. Freitas do Amaral, por parte de Paulo Portas, seria a atitude mais correcta a ter perante o incidente do retrato. Esta atitude traduziu um acto irreflectido que se poderá inserir num quadro de abuso de poder de liderança, porquanto é errado pensar-se que os poderes do líder de um partido são ilimitados e inquestionáveis, podendo ser usados fora do contexto de uma ética política que deverá existir e ser observada, na altura das "grandes decisões". Esta medida só agradou aos militantes da JP, posto que os "militantes de peso", aqueles que dão nome ao partido, todos eles foram unânimes em discordar da decisão de Paulo Portas. Mas talvez o futuro do Partido Popular venha mesmo a circunscrever-se a esses ideários representativos de uma juventude irreverente e malcriada, que nada tem a ver com o nosso país real.
2. Há um assunto que tem sido objecto de grande preocupação por parte de certos interesses instalados, que já adquiriu âmbito nacional - isto acontece sempre que a imprensa vai a reboque -, e que tem exactamente a ver com os cargos que todos os dias são dados como certos para desempenho por parte do Dr. António Vitorino. O medo de António Vitorino vir a candidatar-se à Presidência da República é tanto, que a deliberada intenção de "despachar" o senhor para o exterior se transformou numa quase obsessão da parte de certos agentes dos meios económicos, sociais e políticos, que receiam que o poder político em toda a sua expressão, fique confinado aos desígnios do Partido Socialista, agora que o PSD não se apresenta como alternativa a nada. Concordo com o Dr. António Vitorino quando equaciona não se candidatar, não pelos motivos que atrás referi, mas porque a vitória do prof. Cavaco Silva à Presidência da República é praticamente um dado adquirido, devendo ser ainda mais significativa se ele se apresentar como candidato independente. Neste cenário, qualquer candidato que se apresente na corrida às presidenciais, juntamente com Cavaco Silva, é, à partida, um candidato derrotado e por uma larga maioria de votos. Nesta óptica, parece-me ser um bom candidato, a alegada escolha do partido socialista para as próximas eleições presidenciais.
3. A pouca representatividade feminina no elenco ministerial do XVII governo, levou à indignação as militantes socialistas. Em meu entender, pela sua complexidade, a um alto cargo ministerial não basta ser competente do ponto de vista do conhecimento das matérias.
Existem outros factores que devem presidir ao perfil de um ministro: ter capacidade de liderança, saber gerir recursos humanos, possuir um alto grau de auto-exigência, exemplaridade e sobretudo estar disponível a 300 %. Ora, todas nós sabemos que a predisposição masculina na assunção das tarefas domésticas, incluindo acompanhamento de filhos, estende-se unicamente à fundamentação de quadros familiares que não ultrapassam os meros documentários televisivos (sempre que esse tema é abordado pelos media), principalmente na faixa etária masculina que gosta de se assumir como a vanguarda do pensamento contemporâneo no que diz respeito à relação entre sexos opostos. A sociedade portuguesa é muito conservadora e vai demorar ainda algum tempo até que este estado de coisas se altere. Jogou pelo seguro o Engº José Sócrates, ao não contemplar a vertente feminina nas pastas que distribuiu, pois, já percebemos que o senhor primeiro-ministro não pretenderá correr riscos desnecessários, sejam eles de que natureza forem.
Fernanda Valente

publicado por quadratura do círculo às 18:51
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Teste

. João Brito Sousa - Futecr...

. Fernanda Valente - Mensag...

. António Carvalho - Mensag...

. João G. Gonçalves - Futec...

. J. Leite de Sá - Integraç...

. J. L. Viana da Silva - De...

. António Carvalho - Camara...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds