Quinta-feira, 13 de Janeiro de 2005

Paulo Viegas - Ministra da Educação

A atitude da senhora ministra da educação foi deplorável e deveria merecer mais atenção aos políticos e aos jornalistas da política. É inadmissível que a senhora ministra não ache relevante ir ao parlamento responder aos deputados, porque os jornalistas lhe fariam todas as perguntas necessárias.
Nas próximas eleições elege-se o primeiro ministro, o governo toma posse e depois podem-se mandar para casa todos os deputados, substituídos por um grupo de jornalistas nomeados pelos diferentes orgãos de informação, que seriam os responsáveis por sugerir leis e fiscalizar o governo. Poupava-se algum dinheiro e era um modelo político nunca experimentado. O silêncio da classe política , e não só, perante as afirmações da senhora ministra, parece mostrar que muita gente não se importaria de viver num regime deste tipo.
Paulo Viegas

publicado por quadratura do círculo às 17:05
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Teste

. João Brito Sousa - Futecr...

. Fernanda Valente - Mensag...

. António Carvalho - Mensag...

. João G. Gonçalves - Futec...

. J. Leite de Sá - Integraç...

. J. L. Viana da Silva - De...

. António Carvalho - Camara...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds