Terça-feira, 28 de Dezembro de 2004

Carlos Garcez - Fuga aos impostos

Um pequeno merceeiro de uma pequena vila do interior declara vendas anuais
de 100,000,00 euros.
Com uma margem de lucro sobre as compras de 20%, tem um resultado bruto de
16.700,00 euros.
Depois das despesas tem um resultado líquido de 12.000,00 euros. Os sinais
exteriores de "riqueza"
são uma pequna moradia e um Renault 5 de 1985.
O Fisco não concordou com a declaração fiscal deste merceeiro e através de
método indirecto corrigiu o volume de vendas para 120.000,00 euros. Resultou que o merceeiro teve
de pagar mais IVA no montante de 2.470,00 euros e mais IRS em 300,00 euros.
O inspector necessitou de cinco dias para concluir o seu trabalho e mais
três dias para elaborar o relatório final.
Um casal da classe média, ele professor do ensino secundário com um
vencimento mensal de 1.250,00 euros, e ela funcionária das Finanças com um
salário mensal de 1.180,00 euros, possuem um carro novo no valor de
20.000,00 euros e outro no valor de 12.500,00 euros. Possuem também um
apartamento que alugam a quatro estudantes que pagam, cada um, uma renda
mensal de 150,00 euros, que dá por mês 600,00 euros e por ano 7.200,00
euros. Esta renda não é declarada para efeitos fiscais. Quem é que sabe se é
ou não é?
Um engenheiro executa n+x de projectos para construção que obrigatóriamente
têm de dar entrada, para efeitos de aprovação e licenciamento, na Câmara
Municipal; além disso assina como responsável, n alvarás de pequenos
construtores civis que lhe pagam uma avença. Para efeitos fiscais declara
que não executou n+x de projectos mas apenas n. Não declara as avenças que
recebe como responsável pelos alvarás. Há algum inspector da Administração
Fiscal que sabe? Não. Então para quê declarar rendimentos que ninguém, a não
ser ele próprio, os conhece?
Um advogado tem n+x de processos de seus clientes. Muitos deles a correrem
nos Tribunais. O Fisco sabe? Não. Então para quê declará-los?
Quem foi que disse que neste país só os estúpidos é que pagam impostos? Acham que alguém quer ser rotulado de estúpido?
Alguma vez, neste país, se ouviu falar na fiscalização do arrendamento
urbano clandestino? Ou será que não existe e sererei eu a ter alucinações?
Porque será que os nossos jornalistas, políticos, analistas, etc. etc. têm
tanto receio de debaterem este tema da fuga aos impostos apontando o dedo as
classes que mais fogem?
Não são os merceeiros e taberneiros. Vejam o nível de vida dos nossos
advogados, dentistas, médicos, arquitectos, engenheiros e vejam quanto
declaram de rendimentos para efeitos fiscais.
Debatam mais este tema até que estes senhores compreendam que o país só pode
ter desenvolvimento se todos pagarem impostos.
Não é o merceeiro que costumamos ver nas nossas televisões a exigir isto e
aquilo. Vemos sim estes senhores da classe média alta com todo o
descaramento a exigirem este mundo e o outro, mas que seja o merceeiro a
pagar as estradas, os hospitais, as escolas, enfim, tudo aquilo que é bom e
que só está ao alcance destes ricos senhores que nada contribuem para aquilo
que exigem.
Carlos Garcez
publicado por quadratura do círculo às 17:49
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Serak a 14 de Março de 2007 às 20:47
Então, e os médicos? Ainda há dias, fui a um médico com o meu neto, que me levou 40 €, e não me passou qualquer recibo. Chegado à farmácia para aviar a receita, comentei o facto com alguns dos clientes presentes citando o médico. Os ouvintes fizeram coro dizendo que ele não passava recibo a ninguém se não lhe fosse pedido e que, por norma, ninguém lho pedia porque ele mostrava desagrado quando tal acontecia.


De Duarte o Tretas a 30 de Abril de 2008 às 16:02
Bom mas pior que isso é um tal Duarte Pio que se propões fazer uma estátua de D. Catarina nos EUA, arrecada 10.000.000 de Dollars em campanhas de fundos e depois não fez a estatua nem deu contas a ninguém.

A vida pessoal é que melhorou bastante, segundo se consta!


Comentar post

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Teste

. João Brito Sousa - Futecr...

. Fernanda Valente - Mensag...

. António Carvalho - Mensag...

. João G. Gonçalves - Futec...

. J. Leite de Sá - Integraç...

. J. L. Viana da Silva - De...

. António Carvalho - Camara...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds