Sexta-feira, 9 de Julho de 2004

Rui Caiado - Estou baralhado

Se me é permitido gostaria de tecer algumas considerações na perspectiva de um eleitor que nunca foi militante de partido algum e sempre votante para além de contribuinte desde os 18 anos (tenho agora 37 anos):
1) o sr. Guterres demitiu-se do cargo de 1º ministro com base nos resultados das eleições autarquicas:
- eu, como eleitor nunca votei Guterres porque, felizmente, nunca acreditei nele;
(infelizmente o futuro veio dar-me razão - não me orgulho disso pois isso significou que estavamos pior...)
- nessas eleições, para o executivo camarário, votei no ps (as minusculas são correspondentes ao nivel dos partidos!!);
- a maioria das pessoas eleitoras que conheço vota normalmente de forma diferente conforme as eleições pois que de âmbitos diferentes se trata (julgava eu - agora estou perfeitamente baralhado !?!?)
Conclusão: o sr. Guterres demite-se e o ps reclama novas eleições legislativas ("secundado" pelo psd !!)
Observação: devo confessar que sou um acérrimo adepto da conclusão dos mandatos pois que isso responsabiliza os politicos e os partidos - nunca haverá a desculpa que não tiveram tempo suficiente para fazer o que pretendiam... donde se concluí que considerei a actuação de Sua Exª o Sr. Presidente da Republica (em quem confesso não ter votado) muito digna e inteligente ao tentar "sacar" uma solução parlamentar com o ps !!! - o ps deu a festa e antes do fim "pirou-se" e agora anda o povo a limpar o salão de festas... pois...
2) nestas eleições europeias, as primeiras após o alargamento a 25, a campanha eleitoral centrou-se em temas da politica "domestica" e eclipsou por completo a temática europeia... e depois dizem que os eleitores não participam ...
-como eleitor fiquei mais euro-ignorante, como votante sinto-me euro-parvo... palavras para quê... e fala-se na falta de motivação dos eleitores e da falta de representatividade dos eleitos... porque será?
- confesso que enquanto euro-palerma votei na lista do sr. João de Deus Pinheiro por considerar de melhor nivel (é apenas uma opinião pessoal... e como tal muito falivel) que as restantes, em termos europeus... lógico (conheço pessoas do ps que optaram pelo mesmo);
- após a divulgação dos resultados as ilações que os politicos da oposição parlamentar retiraram foi de ... politica "domestica" / legislativas - ...desculpem eu estava a falar de europeias...? ...confesso que me baralhei... por completo...
- conheço pessoas que realmente são votantes psd e foram mostrar o cartão amarelo ao Governo (brrrr... desculpem este jargão futebolistico tão do meu desagrado!!) pois que a situação não é de todo risonha para os bolsos dos cidadãos - quando os questionei sobre a actual situação não tiveram duvidas em assumir que votariam em legislativas antecipadas no psd... (daí o cartão amarelo... digo eu... pois começo a pensar que sou daltónico porque de repente toda a oposição que pediu cartão amarelo transformou-o em vermelho !?) - o sr. Carlos Andrade estará a pensar o mesmo que eu !? que existe aqui uma deslexia discursiva / interpretativa qualquer... (...isto para sermos simpáticos, claro está...).
3) e agora, espero que me perdõe a falta de discernimento politico, pergunto eu aos seus convidados e ilustres comentadores :
- para que servem as eleições autarquicas?
- para que servem as eleições europeias?
- para que servem as eleições legislativas?
- o descrédito do sistema não começará pelas interpretações abusivas que a classe politica elabora sobre as reais intenções dos eleitores votantes (repare que estou novamente a ser simpático pois que esta atitude merece palavras bem mais ásperas) ?
- afinal, enquanto eleitor, que espera o País de mim Sr. Presidente da Republica ???
4) posto isto só me resta retirar as minhas conclusões, se tal me for permitido, e muito gostaria tambem que os seus convidados me ajudassem sobre a pertinencia das mesmas...
CONCLUSÃO :
. o nosso Sistema só deveria prever um tipo de eleições e estas deveriam coincidir com a data da realização das europeias;
. nessas eleições unicas com uma unica cruzinha no quadrado do partido escolhido (estamos a falar da partidocracia) deveriam ser eleitos, automaticamente, os executivos camarários, a representação europeia, o parlamento e respectivo indigitado 1º Ministro e tambem... o Presidente da Republica .!!! ...pois, pois... porque neste caso tambem será licito retirar conclusões legislativas da eleição para a Presidencia - isto a bem da clarificação da politica nacional e credibilização do Sistema;
- impor a censura na medida em que fosse proibido efectuar e divulgar sondagens fora do periodo da campanha eleitoral (...bom já foi o amarelo... que afinal se pretendia vermelho... só faltava mesmo o regresso do "lápis azul"... onde isto irá parar...) .
(...)
Rui Caiado
publicado por quadratura do círculo às 12:39
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Teste

. João Brito Sousa - Futecr...

. Fernanda Valente - Mensag...

. António Carvalho - Mensag...

. João G. Gonçalves - Futec...

. J. Leite de Sá - Integraç...

. J. L. Viana da Silva - De...

. António Carvalho - Camara...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds