Quarta-feira, 9 de Junho de 2004

OBRIGADO PROF. Sousa Franco!

Deixei no meu blog parlamentar uma pequena evocação do Prof. Sousa Franco, a quem nenhuma homenagem pode ser recusada. Mas fazê-lo não deve ser coisa episódica e sem sequência. Pode ler-se em:
http://blogs.parlamento.pt/republicadigital/archive/2004-06-09/417.aspx
publicado por quadratura do círculo às 17:44
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Ricardo Ribeiro a 12 de Junho de 2004 às 01:32
Grão de Areia no Universo: Sousa Franco
A maneira como apercebi-me da morte de Sousa Franco foi curiosa. Estava eu no mais tranquilo dos sonhos, sonhando com uma festa animada onde bebia um vodka laranja bem fresco, quando um convidado dessa festa vem informar-me da morte de Sousa Franco. Acordo, ainda pensando no ridículo da informação dada por tão inconveniente convidado da festa, já que este estava a estragá-la e não tinha esse direito. Tomo consciência que o locutor de rádio dava a mesma informação que o convidado da festa, dava outra credibilidade à notícia. O sonho, na sua parte final, misturou-se com o som do rádio que já tocava. A notícia estava dada, os meios de comunicação tinham feito o seu papel. Levaram a informação ao mais improvável dos locais.

Não tenho o hábito de glorificar as pessoas após a sua morte, como é hábito dos Portugueses. Mas posso sistematizar as memórias que tenho do percurso do homem, já que pessoalmente não o conheci e, por isso, não posso comentar. Não vivi nem acompanhei a sua vida política no PSD nem a sua vida académica. Muito menos posso avaliar as suas capacidades de jurista nem o papel que teve no Tribunal de Contas. Não li nenhuma das 300 obras que publicou.

Acompanhei a sua vida política mais recente. Acho que teve um papel fulcral na primeira legislatura de António Guterres. Era a sua face mais visível e contribuíu para um bom Governo (bem melhor que a segunda parte da Governação Guterres já atolado nos seus pântanos políticos). Já comentei algumas vezes o seu papel para a entrada de Portugal na moeda única, depois de uma herança não menos pesada que a actual. Fê-lo sem sobressaltos e com uma seneridade que devia ter servido de lição a este Governo. A maneira como aproximou o défice e a dívida pública aos critérios de convergência foi espantosa mas com métodos nem sempre claros (recordo a polémica do desvio de fundos das privatizações para esse objectivo). Não foi nem o pai, nem o avô e muito menos o periquito do défice. Foi o ministro certo na altura certa.

Tenho a convicção que a sua irreverência ia servir bem a Europa. Mas, na campanha eleitoral, deixou-se envolver na troca de insultos quando devia ter mantido o seu papel pedagógico. Não iniciou as hostilidades mas depressa deixou de falar da Europa para responder aos insultos (com outra dignidade, é certo). Talvez esteja a ser injusto porque a Comunicação Social não se importa com as ideias, mas com as tricas políticas (mas um político experiente sabe isso). Não é só a política que está em crise, a Comunicação Social faz um filtro das notícias com critérios de espectacularidade. De qualquer forma estava a efectuar uma campanha esforçada e com a dignidade que sempre o acompanhou.

Resta-me agora conhecê-lo, um dia destes, nos meus sonhos. Agora convém voltar a pensar nos assuntos europeus, porque a vida não pára. The show must go on.

http://filhodo25deabril.blogspot.com/ (http://filhodo25deabril.blogspot.com/)


De Nuno MA a 9 de Junho de 2004 às 22:17
Portugal ficou hoje irremediavelmente mais pobre.

Mas de uma certa forma, choca-me ver alguns dos que insultaram e puseram em causa a competência do professor Sousa Franco, apelidando-o de "pai do déficit", virem agora tecer rasgados elogios ao mesmo e à sua memória.

Que nos fique a lição de que nos devemos respeitar uns aos outros, em vida, porque depois...já de pouco ou nada vale, expiarmos os nossos pecados!

Que fique a lição de que necessitamos urgentemente de mais elevação e urbanidade, não só na vida política nacional, mas também na nossa sociedade.

ATÉ SEMPRE, PROFESSOR SOUSA FRANCO!


Comentar post

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Teste

. João Brito Sousa - Futecr...

. Fernanda Valente - Mensag...

. António Carvalho - Mensag...

. João G. Gonçalves - Futec...

. J. Leite de Sá - Integraç...

. J. L. Viana da Silva - De...

. António Carvalho - Camara...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds