Sexta-feira, 23 de Abril de 2004

REVISÃO CONSTITUCIONAL

Certamente debateremos o tema revisão constitucional no próximo programa. Para facilitar o acesso ao texto integral das alterações aprovadas coloquei-as online.
Reina uma certa confusão quanto ao que foi aprovado (além da normal divergência que levou alguns partidos a votar contra.
Para aceder ao texto sigam o link
http://www.ps.parlamento.pt/files/crpvi.htm
Boa leitura e bom 25 de Abril!
José Magalhães
publicado por quadratura do círculo às 18:09
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Miguel a 29 de Abril de 2004 às 01:26
Olá Viva! É com todo o interesse que seguirei o próximo programa. Se para mim uma votação de mais de 200 deputados (PS+PSD+PP) inspira alguma confiança, também é verdade que o que se tem dito acerca do assunto é um pouco arrepiante.


Eu (Povo, Cidadão, Contribuinte, ingénuo jovem de 24 anos) quando votei no PSD conhecia em termos muitos gerais e abstractos as linhas condutoras da sua politica, mas não me lembro de se falar em propostas de revisão constitucional, para além de pequenos desejos de alteração dos poderes presidenciais…

Seria inadequado submeter-se uma revisão constitucional a referendo?

Há algum tempo, quando se colocou a questão do Projecto de Tratado de Constituição Europeia, lembro-me de ter visto o Dr. Pacheco Pereira, pessoa que muito admiro, indignar-se pela forma como o documento tinha sido elaborado e referir que o documento tal como estava seria para ir para o caixote do lixo. Fiquei curioso sobre o documento e retirei-o da Internet. Como matemático, do extenso documento, página após página artigo após artigo, já só me interessava o número do artigo, que um atrás de outro saltando de página em página servia na perfeição como contagem de ovelhas a pular a cerca. Felizmente o documento teve fim quase tão depressa quanto veio e permitiu assim livrar-me de um sono eterno.

Uma constituição que seja clara transparente e defenda a igualdade entre todos os estados e entre cidadãos precisaria de ser tão extensa e complexa? O que é que se pretende salvaguardar em tantos artigos?

Dr. Pacheco Pereira, seria justo um cidadão sentir, relativamente a esta nossa revisão constitucional, o mesmo tipo de indignação que o Dr. sentiu relativamente ao tratado europeu?

Dr. José Magalhães, Obrigado pelo Link!


De Pancho7 a 26 de Abril de 2004 às 18:05
Porque é q será q existe sempre aquela ideia de que o que o parlamento aprova ou deixa de aprovar nõa diz respeito a ninguém mas ao mm tempo diz respeito a toda a gente? E porque é que as pessoas só acordam para a desgraça que estamos a viver em tempo de eleições? É assim o povo português.
Ass: http://oterceiroanel.blogs.sapo.pt


Comentar post

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Teste

. João Brito Sousa - Futecr...

. Fernanda Valente - Mensag...

. António Carvalho - Mensag...

. João G. Gonçalves - Futec...

. J. Leite de Sá - Integraç...

. J. L. Viana da Silva - De...

. António Carvalho - Camara...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds