Terça-feira, 3 de Outubro de 2006

José Duarte Amaral - Renasça o PPD

Após 30 anos de um discurso público bipolarizante do PSD e do PS, Jerónimo de Sousa descobriu um filão alternativo: ataca o “Bloco Central” institucional, protagonizado por uma Presidência, pela primeira vez ocupada por um “social-democrata” – que se serviu do “PSD” para conseguir a “PR” – e por um Governo socialista (“socialista”, ou “social – democrata?). Na minha opinião, o “engenheirito” – esperto, diga-se – ocupou o espaço político – partidário do “PSD” e, por isso, continuo a dizer: «Morra o “PSD” de Cavaco Silva / Durão Barroso / Marques Mendes… e Renasça o “PPD” de Sá Carneiro» … e, porque não, de Santana Lopes? É que o “bem intencionado” Sampaio, já se foi, “graça deus”. Procura assim uma nova bipolaridade, que cola o PSD às posições institucionais do PR que, naturalmente, nos próximos anos, quase nunca serão completamente conciliáveis com as do seu partido (?). Aliás, o PR não tem “partido”, mas, sim, “inteiro”, até porque – jurou - deverá ser o PR de todos os portugueses (?). O PSD tem caído na armadilha de, comentando, de forma moderada e positiva, as posições do PR, deixar-se arrastar para a bem urdida armadilha comunista, que assim fica sozinho no centro do palco oposicionista. O PSD tem que aceitar que Cavaco sabe o que quer, e o que quer é ser reeleito em 2011, nem que seja apoiado pelo “PS” e, se calhar, por toda a “esquerda”, tal como aconteceu no 2.º mandato de Eanes, contra Soares Carneiro; ou, em sentido contrário, vamos ter a reedição do 2.º mandato de Mário Soares – E…viva a democracia – mesmo que tenham de engolir “sapos vivos”. Ora, o PSD quer vencer em 2009. Para isso, terá de seguir o seu próprio caminho, que, porventura, poderá ter de ser bem diferenciado do de Cavaco. Na minha opinião, só se conseguir ocupar o “centro – esquerda”, com a sigla “PPD” – Partido Popular Democrático e com outro “Líder”, à imagem de Sá Carneiro, como (por exemplo e na minha opinião), Luís Filipe Menezes (LFM).

Pós Escrito (Depois) – PS (D): Vamos supor que o Governo de Sócrates, dito “socialista”, é constituído por 15 ministros. Se, em 15 dias, vier um, por dia, em visita mais ou menos oficial a Gaia, LFM, tece, a todos (sem excepção) os maiores elogios, ou seja: Para LFM, em, apenas, duas semanas, este, é o maior governo do mundo e arredores, o que – convínhamos – não corresponde à verdade! Eu, até o compreendo, perfeitamente. Fá-lo em prol de V. N. de Gaia. De facto, não é um “pecado mortal”, mas… um “pecado original” (nas melhores das intenções, é claro), até porque, nesta hora do campeonato, a nossa (sua) Gaia já não precisa de ser a Santa Casa da Misericórdia de Sócrates & quejandos, para ser apoiada pelo governo central! É que “Gaia é obra!...”.

José Duarte Amaral

publicado por Carlos A. Andrade às 16:47
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Teste

. João Brito Sousa - Futecr...

. Fernanda Valente - Mensag...

. António Carvalho - Mensag...

. João G. Gonçalves - Futec...

. J. Leite de Sá - Integraç...

. J. L. Viana da Silva - De...

. António Carvalho - Camara...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds