Quinta-feira, 23 de Novembro de 2006

Ramos de Barros - Elogios de Cavaco

O recente discurso do sr Presidente da República deixou "marcas" no PSD. Como era óbvio, quem, durante a campanha eleitoral, teceu tantos elogios (loas?) ao professor não ficou satisfeito com os elogios que ele tributou ao principal visado pelas críticas do PSD.
Veio a terreiro Agostinho Branquinho verberar de forma veemente o comportamento do PR. Mas julgo que sem qualquer substrato crítico fundamentado e credível.
Imaginem só que o professor Cavaco dizia mal do governo (ainda que o fizesse pontualmente), qual seria o comportamento de toda a oposição?
Era logo este: que espera para exonerar o primeiro-ministro?
É óbvio que haverá discordâncias pontuais entre Cavaco Silva e José Sócrates (naturalíssimas num estado de direito democrático), sem que, por tal facto, seja imperioso vir à praça pública lançá-las.
Luís Filipe Meneses  veio a terreiro criticar Marques Mendes por ser pouco incisivo no ataque ao governo; desejava, mencionou, uma moção de censura. Marques Mendes recusou-a, no tempo próprio. O discurso de Cavaco Silva veio dar-lhe inteira razão...
É óbvio que é muito difícil ser oposição neste contexto, em que Sócrates está a actuar como Cavaco Silva o faria num contexto destes. As dificuldades são enormes e o desgaste na rua é um facto. Mas a legislatura é procissão que ainda vai no adro. Sócrates sabe que o seu "julgamento" ainda vai durar (se não houver uma "interrupção voluntária de governação"...) e poderá então, nas proximidades do acto eleitoral, abrir os cordões à bolsa e seduzir o eleitorado. Para isso terá que apertar o cinto agora...
É esta gestão do timing que estará a fazer José Sócrates  na convicção de que só ganhará o próximo desafio eleitoral se conseguir arrumar a casa e ainda puder desapertar o garrote que neste momento vai  asfixiando  o Zé Povinho.
Quanto a Cavaco Silva  não pode dar ouvidos ao canto de sereia que na rua vai fazendo ouvir-se. Ele sabe que isso é  a reacção natural dos sindicatos e líderes de opinião que procuram capitalizar o descontentamento em seu proveito. É a lógica do "mercado eleitoral", doa a quem doer... Se não fossem para a rua agora, quando é que os sindicatos teriam uma oportunidade de ouro para mostrarem os seus méritos? Estão, também eles, impecáveis no seu papel catártico e galvanizador de multidões ululantes e incapazes de verem mais fundo do que o discurso vitimizador.
Ninguém estranhe se Luís Filipe Menezes  começar a usar o livro de Santana Lopes  como "bíblia" para a oposição interna do PSD. É que ele está vocacionado para isso mesmo. O pior é que esta "bíblia" está tão cheia de erros de análise que os "crentes" não se vão deixar iludir; Santana Lopes, com a sua autovitimização exacerbada esquece todo aquele cortejo de ingenuidades que cometeu ou deixou que outros cometessem (v.g. apelo de Gomes da Silva à "censura" na TVI, conselhos de ministros na "província" qual grupo excursionista com cunho mais folclórico do que eficaz, falta de liderança, exagero propagandístico a raiar o caricato...).
Enfim, tempos difíceis se auguram para o PSD, no tocante a uma oposição credível.
Marques Mendes só com um grande "desastre" é que poderá elevar a fasquia pois no actual contexto, apesar da austeridade e do descontentamento de largos segmentos da sociedade (naturais, sem dúvida...) o "status quo" manter-se-á  sem grandes oscilações...
O PSD não poderá tecer "loas" a Cavaco Silva, mas, se for inteligente e sensato, também não poderá verberar publica e ostensivamente o PR pois isso será a todos os títulos nefasto.
Ramos de Barros
publicado por Carlos A. Andrade às 18:39
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Feios Porcos e Maus a 13 de Dezembro de 2006 às 19:13
ENTÃO O SALÁRIO MINIMO PASSA PARA 500 EUROS NO ANO DE 2011. MAL POSSO ESPERAR AFINAL SÃO SÓ MAIS 5 ANITOS . MAS DE QUE VALE ISSO ? SERIA BOM SE NOS PAISES DA UE O MESMO NÃO SUBISSE AÍ HAVERIA CONVERGÊNCIA MAS NÃO. ESTAMOS GOVERNADOS POR FILOSOFOS QUE Á FALTA DE MEDIDAS CONCRETAS DISPARAM COM PROJECTOS E AUMENTOS PARA AS CALENDAS GREGAS. S´OS PROJECTOS EM QUE ELES OS GOVERNANTES DO GOVERNO CENTRAL E AUTARQUIAS ESTÃO INTERESSADOS PELAS CHORUDAS COMISSÕES PAGAS POR FORA, É QUE ARRANCAM PARA FAZER BONITO MESMO QUE SEJAM MEGALOMANAS COMO O FOI O ESCANDALO DOS ESTADIOS DE FUTEBOL, DA EXPO 98 E AGORA AVIZINHA-SE O TGV E O AEROPORTO DA OTA... GRANDES PROJECTOS GRANDES MAMAS ... MAS NÃO INTERESSA QUEM PAGA ESSAS PORRAS TODAS O QUE INTERESSA É AS COMISSÕES PRÓ MENINO E PRÁ MENINA DOS POLITICOS . UMA POUCA VERGONHA. ENTRETANTO ENCERRAM ESCOLAS, A FORMAÇÃO ESTÁ NA MERDA, ENCERRAM MATERNIDADES MAS QUEREM FAZER ABORTOS À PALA DOS SERVIÇOS PUBLICOS E PROVAVELMENTE ONDE EXISTIAM AS MATERNIDADES ENCERRADAS, RETIRAMK-SE COMPARTICIPAÇÕES NOS MEDICAMENTSO REDUZ-SE O SUBSIDIO DE DESEMPREGO, PROMOVEM O EMPREGO PRECÁRIO ENFIM É O SALVE-SE QUEM PUDER ... POR FALAR NISTO A PANELA DE PRESSÃO ESTÁ AO LUME E AS PAREDES NÃO SÃO TÃO GROSSAS COMO ISSO PODE REBENTAR A QUALQUER MOMENTO .....


Comentar post

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Teste

. João Brito Sousa - Futecr...

. Fernanda Valente - Mensag...

. António Carvalho - Mensag...

. João G. Gonçalves - Futec...

. J. Leite de Sá - Integraç...

. J. L. Viana da Silva - De...

. António Carvalho - Camara...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds