Sexta-feira, 12 de Janeiro de 2007

João Brito Sousa - Futecracia III (Resposta a João G. Gonçalves)

O menos  que se pode dizer da crónica do senhor João G. Gonçalves - Futecracia III, é que é impressionante, quer pela dimensão do texto, quer ainda pela maneira fantástica como foge à questão central em causa, e que é, penso eu, o estado do futebol em Portugal, baseado no livro "Eu, Carolina".
Se o artigo em apreço tiver como causa próxima o livro "Eu, Carolina", o senhor João G. Gonçalves, consegue este feito memorável; aborda tudo ao contrário e, fantasticamente, consegue ver em Luís Filipe Vieira um culpado, só por este ter afirmado, parece-me, que há corrupção no futebol português.
O artigo é enorme  e parece-me estarmos perante uma tentativa  de desviar as atenções do assunto central do livro,  que é a denúncia do, parece-me, comportamento (...) de Pinto da Costa citado no referido livro. A conclusão do senhor João  G. Gonçalves parece-me não ser séria,  porque aborda todos os assuntos menos este comportamento do senhor Pinto da Costa, que ainda não desmentiu uma linha do que consta no livro (...).
A pergunta que gostava de ver respondida  é esta: Porque é que o senhor Pinto da Costa  não veio a terreiro desmentir as acusações que lhe foram imputadas? Porque é que a imprensa vem tentando, parece-me, branquear a
situação .procurando outros alvos?   Porque é que a cidade do Porto está
calada perante tão graves insinuações.?..
João Brito Sousa/Porto
publicado por Carlos A. Andrade às 19:54
link do post | comentar | favorito
|
19 comentários:
De josé simões a 16 de Janeiro de 2007 às 22:14
Pelas mesmas razões porque o conteúdo das escutas telefónicas nunca foi desmentido. Agarram-se à possivel inconstitucionalidade das mesmas; o que convenhamos, ´~ao é bem a mesma coisa.
http://derterrorist.blogs.sapo.pt


De jbritosousa@sapo.pt a 17 de Janeiro de 2007 às 07:18

Não estou por dentro desse negócio das escutas telefónicas e não vou discuti-lo. A minha questão , que, deveria ser uma questão nacional e internacional, é saber quem foram os eleitores de Pinto da Costa para o lugar de 17º maior e melhor português de sempre quando o homem, parece-me, é acusado de corrupção e crime no livro de Carolina Salgado, “Eu Carolina”, nunca desmentiu nada formalmente como fizeram os também acusados Valentim Loureiro, Pinto de Sousa e Fernando Madureira, o que leva a considerar como verdadeiras as insinuações do livro, e entretanto, diz a imprensa, arranjou uma nova namorada na pessoa de uma jovem menina.
Uma personalidade com este comportamento não deverá estar nos dezassete lugares dos últimos quanto mais nos primeiros. Será que os votos para Pinto da Costa vieram da cidade do Porto? Se for assim, esta, que foi considerada de Invicta y muy nobre Leal cidade do Porto terá de passar a ser considerada, parece-me, a cidade que apoia o crime e a corrupção. Será assim? Quem tem a coragem de me contrariar? Agradece-se...

João Brito Sousa


Comentar post

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Teste

. João Brito Sousa - Futecr...

. Fernanda Valente - Mensag...

. António Carvalho - Mensag...

. João G. Gonçalves - Futec...

. J. Leite de Sá - Integraç...

. J. L. Viana da Silva - De...

. António Carvalho - Camara...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds