Quarta-feira, 7 de Fevereiro de 2007

Carlos Andrade - Suspensão do blogue

O moderador e os comentadores do programa decidiram suspender o blogue, iniciando uma reflexão sobre eventuais mudanças. Todavia, mantemos activo o endereço de correio electrónico, para contacto com os participantes no programa.

publicado por Carlos A. Andrade às 20:09
link do post | comentar | favorito
|
53 comentários:
De Mário Silva a 17 de Abril de 2007 às 19:06
Serve o presente comentário para pedir que definitivamente se assuma sem demagogia a verdadeira filosofia ideológica que presentemente governa o país. Isto vem a propósito dos vários discursos do PM e de o último discurso feito pelo dr. Jorge Coelho, transmitido nos telejornais, onde a certa altura dizia mais ou menos isto: “Existem grupos da DIREITA portuguesa que não aceitam que um PM da ESQUERDA esteja a levar este pais para onde ele merece estar” [afirmação no contexto da critica ao dr. Marques Mendes acerca da conferência de imprensa em que criticou o carácter do PM quanto ao folhetim das habilitações literárias].
A minha indignação é continuar a ver pessoas, que assumem a sua verticalidade e coerência politica, continuarem a defender que somos governados pela ESQUERDA. Baseado no conceito ideológico de ESQUERDA que todos deveriam conhecer, que medidas sócio-económicas é que o actual Governo implementou? Isto é, quais são as medidas económicas de ESQUERDA que o Governo está a implementar? A diminuição do Estado Social, a diminuição das pensões e subsídios sociais, a privatização dos serviços públicos, a diminuição do SNS, etc., são atitudes de ESQUERDA?
José Sócrates ganhou as eleições porque a maioria do eleitorado identificava o PS como um partido de centro-esquerda; o problema é que o eleitorado descobriu que José Sócrates não se identifica com a ideologia de ESQUERDA para governar um país, e está a fotocopiar o espectro ideológico do bloco PSD/CDS no acto governativo. Aliás, muitas das medidas já existiam no programa desse bloco político, pelo que este governo está a concretizar esse programa. Só consigo entender a insistência no uso do termo ESQUERDA, apenas para cativar o eleitorado português maioritariamente de ESQUERDA, porque a acção governativa é nitidamente de DIREITA.
Resumindo, acho que já é o momento de se acabar com a hipocrisia e demagogia ideológica, e de o PS assumir que a ideologia de ESQUERDA não faz parte da sua acção governativa, como está sobejamente comprovado pelas medidas politicas implementadas.


De Um cidadão a 21 de Abril de 2007 às 01:53


Embora não seja do CDS, nem de qualquer outro partido, penso que o próximo líder do CDS/PP deveria ser o Dr. Paulo Portas.

Ao Dr. Ribeiro e Castro faltam-lhe a garra e determinação qualidades que são necessárias a um líder de um partido, não bastando apenas ser uma pessoa honesta e íntegra (nem sendo talvez isso que o País precise …!)

Lamento (mas compreendo) que o Dr. Ribeiro e Castro só se tenha “mexido” quando sentiu que estava a ser vítima de oposição interna. E mesmo assim mexeu-se mal porque levou isto para o fórum pessoal ajudando a colocar o partido neste estado. O Dr. Paulo Portas e seus capangas ao fazerem a oposição interna que eu chamo de “terrorista” acabaram por contribuir também para o estado actual do partido. Mas isso afinal só demonstra que o Dr. Ribeiro e Castro não teve a tal garra necessária para ultrapassar o “anticorpo” Paulo Portas de forma a consolidar a sua liderança. E se não conseguiu fazê-lo internamente muito menos o conseguiria fazer para fora do partido.

É que neste momento, olhando para o panorama de políticos disponíveis á direita do PS, o único é de facto o Dr. Paulo Portas, com todos os defeitos que tem (porque os tem e ele também não o nega) podendo eventualmente almejar ser o motor de toda a oposição (á direita do PS) dado que o PSD também não tem líder á altura (risos…não pretendi ofender ninguém) capaz de enfrentar o Eng. (??) José Sócrates.

É necessário que haja oposição ao Eng. José Sócrates e matéria para fazer oposição não falta sendo apenas necessário estar de olhos abertos ser determinado, acutilante e incisivo falando nas alturas e sítios certos, qualidades que, na minha modesta opinião, faltam aos Drs. Marques Mendes e Ribeiro e Castro.

Para concluir afirmo que mais do que uma necessidade para o CDS Paulo Portas faz falta ao País para que o Eng. José Sócrates não tenha tiques de fascista de trazer por casa onde pode quer e manda sem ninguém tugir nem mugir.



Cumprimentos,



Fernando J. Portocarrero




Comentar post

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Teste

. João Brito Sousa - Futecr...

. Fernanda Valente - Mensag...

. António Carvalho - Mensag...

. João G. Gonçalves - Futec...

. J. Leite de Sá - Integraç...

. J. L. Viana da Silva - De...

. António Carvalho - Camara...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds