Sexta-feira, 27 de Janeiro de 2006

António Carvalho - Sinais de fraqueza

Duas coisas indicam fraqueza: calar-se quando é preciso falar, e, falar quando é preciso calar-se.
Quando Mário Soares decidiu avançar como candidato Socialista ao alto cargo da Presidência da República, José Sócrates não ousou proferir um “piu” que fosse, apesar de consciente do erro, para não destoar na sua postura “very british”. Optou pela fraqueza e calou-se!
Quando Manuel Alegre se dirigia ao País, agradecendo a confiança expressa pelos portugueses, José Sócrates, mais uma vez consciente do erro, optou pela fraqueza e falou! O Primeiro-Ministro de Portugal está mesmo débil, franzino, pouco atilado. (...)
António Carvalho
publicado por quadratura do círculo às 20:15
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Teste

. João Brito Sousa - Futecr...

. Fernanda Valente - Mensag...

. António Carvalho - Mensag...

. João G. Gonçalves - Futec...

. J. Leite de Sá - Integraç...

. J. L. Viana da Silva - De...

. António Carvalho - Camara...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds