Terça-feira, 10 de Janeiro de 2006

Pedro Betâmio de Almeida - Presidente e betão

O Dr. Soares, seus mandatários e alguns elementos ligados ao PS, têm criticado o Prof. Cavaco Silva pelo modelo de desenvolvimento sustentado numa política de obras públicas, vulgarmente designada como “politica do betão”, implementada durante os anos em que foi primeiro-ministro.
É uma crítica pertinente e relevante, algo em que toca o eleitorado, pois todos os votantes conhecem o “insatisfatório” sistema de ensino, os “insuficientes” hospitais, ou a “inoperante” justiça que por cá existem. Assim, uma larga maioria dos Portugueses tem-se questionado se, aproveitando a “janela de oportunidade” criada pela entrada dos dinheiros Europeus, não teria sido igualmente importante investir em capital humano (educação) e em serviços socialmente relevantes (Justiça e Saúde).
Dito isto e salvo melhor opinião, que desde já se admite, parece mais ou menos obvio que seguindo o raciocínio do Dr. Soares e seus apoiantes o Prof. Cavaco Silva será o melhor aliado, aquele que melhor compreenderá a politica de investimento público preconizada pelo Eng.º Sócrates. Isto porque, se é verdade que o Prof. Cavaco Silva investiu milhões em vias de comunicação (auto-estadas) é igualmente verdade que o Eng.º Sócrates se prepara para investir milhões em vias de comunicação (TGV e OTA), pelo que as razões invocadas pelo Dr. Soares e seus apoiantes para criticar a governação do Prof. Cavaco Silva, em nome da coerência, igualmente devem proceder no que toca à governação do Eng.º Sócrates.
Em suma, quem pretende um Presidente em sintonia com o actual Primeiro-Ministro, desenvolvendo a argumentação critica apresentada pelo Dr. Soares e seus apoiantes, deve indubitavelmente votar no Prof. Cavaco Silva. É que pelos vistos, novamente em nome da coerência, o Dr. Soares na Presidência seria um elemento de instabilidade politica, dado que o plano de investimentos públicos previsto para os próximos anos praticamente se esgota nas infra-estruturas supra mencionadas, deixando novamente para trás as reformas de fundo nos sectores da educação, saúde e justiça.
Pedro Betâmio de Almeida


publicado por quadratura do círculo às 18:26
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Teste

. João Brito Sousa - Futecr...

. Fernanda Valente - Mensag...

. António Carvalho - Mensag...

. João G. Gonçalves - Futec...

. J. Leite de Sá - Integraç...

. J. L. Viana da Silva - De...

. António Carvalho - Camara...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds