Sexta-feira, 7 de Julho de 2006

João Viveiro - Obrigado selecção

Jamais um treinador de bancada perdeu qualquer jogo, mas, na prática, também não há notícia que alguma vez tenha vencido algum…
Faltaria à verdade se não referisse que foi com alguma frustração e tristeza com que anteontem assisti ao final do jogo. Apesar de tudo não vai ser a derrota de anteontem que apagará da esmagadora maioria de nós tudo o que de bonito se viveu nesta campanha do Mundial de 2006.
É nos momentos menos bons que deveremos consubstanciar toda a união e solidariedade perante quem deu o melhor de si para nos representar com dignidade neste Mundial. Até perante o espectro da derrota a postura desta equipa foi da maior dignidade e elevação. Notável!... Para tanto, bastará recordar as palavras sábias de técnico e jogadores, no final do jogo da nossa desilusão, e reflectirmos sobre o seu conteúdo.
Portanto, só pode ser da mais elementar justiça dar-mos os parabéns a este grupo maravilha merecedor de todo o nosso carinho.
Foi muito bonito de ver e, sobretudo, sentir com emoção todo este clima contagiante de Portugalidade que atingiu transversalmente toda a Sociedade Civil do país como também os portugueses da Diáspora, espalhados por todo o planeta e que contribuiu como ninguém para fazer renascer em todos nós, com emoção, o orgulho de ser português.
Muito obrigado aos jogadores portugueses pelo empenho, garra, determinação e vontade de vencer que deram a conhecer além-fronteiras, esta forma de ser da Alma Portuguesa que tão arredada andava do nosso quotidiano.
Quanto aos “intelectuais” sempre superiores à “barbárie da bola” não devemos pronunciar-nos porque seria dar-lhes a importância que julgam ter. Por isso vamos deixá-los viver nessa ilusão. Já quanto aos eternamente cépticos, treinadores de bancada, encaixa na perfeição o aforismo popular: “a palavras loucas orelhas moucas”.
Para o confirmar lhes asseguro que jamais os treinadores de bancada perderam qualquer jogo, mas, na prática, também não há notícia de que alguma vez tenham vencido algum.
João Viveiro
publicado por quadratura do círculo às 18:59
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.Fevereiro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23
24

25
26
27
28


.posts recentes

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Carlos Andrade - Suspensã...

. Teste

. João Brito Sousa - Futecr...

. Fernanda Valente - Mensag...

. António Carvalho - Mensag...

. João G. Gonçalves - Futec...

. J. Leite de Sá - Integraç...

. J. L. Viana da Silva - De...

. António Carvalho - Camara...

.arquivos

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds